Frase andante

"Feliz é aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina." (Cora Coralina)------------------- "Educai as crianças para que não seja necessário punir os adultos." (Pitágoras)

=========================== Bem-vindo(a) =============================

ATENÇÃO. Este blog é apenas mais uma ferramenta de apoio complementar ao conteúdo do livro didático para auxiliar meus alunos e visitantes. Os vídeos e textos apresentados e indicados estão disponíveis na internet e são citados sempre com as referências e fontes. Que este blog seja mais um instrumento de aprendizagem e reforço de conteúdo para todos os visitantes. Seja bem-vindo(a).

====================================================

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Os romanos e os povos invasores


Os romanos e os povos invasores

Os povos invasores, chamados de bárbaros, foram os grandes responsáveis pela derrota dos romanos, apesar da grandiosidade de Roma. Mesmo vencendo os romanos, os bárbaros viviam de maneira bem diferente dos romanos.
1. A vida cotidiana dos romanos.
Os romanos construíram um dos maiores impérios do mundo antigo, com cerca de 54 milhões de habitantes. Roma, no centro desse império, recebia influência dos mais diversos povos, sobretudo dos gregos.
Os romanos construíram por todo o império inúmeros templos, termas, anfiteatros, aquedutos e monumentos. Em estilo grandioso, eles muitas vezes impressionavam os povos dominados, representando a riqueza e o poder de Roma.
Os romanos adoravam relaxar o corpo nas casas de banho, nos chamados balneários, principalmente á tarde.
Os balneários eram construídos pelo Estado e ninguém pagava para entrar. Só que nesta condição: homens e mulheres não podiam se misturar. Havia a hora do banhista e a hora da banhista. Em Roma existiam centenas de balneários, espaçosos, com jardins, ginásios para jogos ou ginástica, bibliotecas (...).
2. A vida cotidiana dos povos invasores.
Os povos invasores, como os germânicos, de maneira geral, viviam em aldeias rurais. Mesmo depois de terem invadido o império romano, mantiveram-se afastados das cidades.
Nessas aldeias, as casas eram construídas em madeira e revestidas de barro. A maior casa da aldeia pertencia ao chefe e ficava isolada.
Os povos germânicos criavam  gado bovino, do qual aproveitavam o couro, a carne e o leite. Embora considerassem a criação de gado mais importante do que a agricultura, não deixavam de cultivar trigo, cevada, centeio, ervilha e feijão. Os homens adultos dedicavam-se às expedições de pilhagem e à caça.
Em tempo de guerra elegia-se um chefe militar, ao qual atribuíam poderes. Esses poderes, no entanto, cessavam, uma vez terminada a guerra.

Diferenças ente os romanos e os povos bárbaros
ROMANOS
POVOS INVASORES
1. Viviam principalmente nas cidades.
1. Viviam em aldeias rurais, em casas afastadas uma das conutras, construídas de madeiras e revestidas de barro.
2. Valorizavam mais a agricultura
2. Valorizavam mais a criação de animais.
3. Os chefes militares muitas vezes  tornavam-se governantes
3. Os poderes dos chefes militares terminavam após a guerra.

Fonte: História e Vida Integrada. 5ª série. Nelson Piletti e Claudino Piletti. Editora Ática..

Nenhum comentário: