Frase andante

"Feliz é aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina." (Cora Coralina)------------------- "Educai as crianças para que não seja necessário punir os adultos." (Pitágoras)

=========================== Bem-vindo(a) =============================

ATENÇÃO. Este blog é apenas mais uma ferramenta de apoio complementar ao conteúdo do livro didático para auxiliar meus alunos e visitantes. Os vídeos e textos apresentados e indicados estão disponíveis na internet e são citados sempre com as referências e fontes. Que este blog seja mais um instrumento de aprendizagem e reforço de conteúdo para todos os visitantes. Seja bem-vindo(a).

====================================================

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Período pré-colonial (ficha-resumo)


O encontro dos portugueses com os povos indígenas: período pré-colonial.

  
Os primeiros 30 anos (1500-1530) depois da chegada de Cabral em 1500 é chamada de período pré-colonial, pois Portugal não se interessava pelo Brasil, já que a prioridade era o comércio com as Índias, mais lucrativo.
Neste período pré-colonial (1500-1530), Portugal enviou diversas expedições para explorar e proteger o litoral do Brasil de piratas e navegadores ingleses, franceses, holandeses e espanhóis que buscavam o pau-brasil.
O pau-brasil foi o primeiro produto que despertou interesse nos europeus. Em troca de bugigangas, os índios trabalhavam para os europeus (escambo) que levavam seus navios carregados de madeira para a Europa.
Diante do crescente contrabando de pau-brasil e a grande extensão da costa brasileira, tornava-se impossível defender a posse portuguesa sobre o Brasil, sem que houvesse povoações, fortificações e habitantes fixos.
            Assim, em 1534, Martim Afonso fundou o primeiro povoamento, a vila São Vicente. Essa expedição e suas iniciativas encerraram o período pré-colonial brasileiro.

Nenhum comentário: